“Saúde na live”: ações e medidas contra o Covid-19

A Prefeitura de Pirpirituba realizou, nesta terça-feira (28), às 19:30, nova exibição ao vivo (live) em sua página do Facebook sobre as ações e medidas preventivas adotadas pela gestão em combate ao Covid-19 (coronavírus), com a participação da Secretaria Municipal de Saúde e Ouvidoria Municipal, que responderam questionamentos da população, através de questionário divulgado nas redes sociais oficiais do município.

Com a presença da Secretária de Saúde Elisângela Lucena, a Coordenadora de Atenção Básica Érika Pontes e o Ouvidor Municipal Tony Souza, esclareceram diversas dúvidas que comumente surgem neste momento. Vejamos a seguir:

  • USO DE EPIs

Foi destacada a importância do uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), reforçados pela gestão e utilizados pelos profissionais da saúde e limpeza urbana (médicos, enfermeiros, agentes de combate à endemias (ACE), agentes comunitários de saúde (ACS), agentes de limpeza urbana (gari), vigilância sanitária, trabalhadores do Cemitério Municipal, dentre outros). Visando atender as devidas medidas de proteção aos que atuam em maior exposição ao Covid-19 (coronavírus), os servidores receberam os kits compostos por óculos, máscaras e luvas protetoras específicas, confira mais.

A Coordenadora de Atenção Básica Erika Pontes também mostrou como se utiliza de forma correta os EPIs. “Estes profissionais estão na ‘linha de frente’ e se desdobrando nos cuidados com a população e, para isso, é reforçada a necessidade de conscientização e apoio dos pirpiritubenses a respeito das medidas preventivas, como lavar frequentemente as mãos e demais cuidados de higienização pessoal, bem como o distanciamento social, pois o país enfrenta um período crescente de contaminações”, afirma.

  • MONITORAMENTO DE SUSPEITAS NO MUNICÍPIO

Outro ponto abordado, a Secretaria de Saúde vem realizando o monitoramento de possíveis suspeitos de contaminação pelo Covid-19 e pedindo a colaboração da população, para que a comunique imediatamente se alguém de sua casa, família ou vizinho, chegou de viagem de algum lugar onde há registros de casos, para que as devidas medidas sejam tomadas rapidamente.

Os números para contato são: 3277 1047 (Saúde) e 83 3277 1108 (Ouvidoria e WhatsApp).

Os boletins epidemiológicos são postados frequentemente após mudanças nos quadros, para evitar informações repetidas.

A Secretária de Saúde Elisângela Lucena informou que não há casos confirmados no município. “A população com sintomas virais (gripe e dentre outros), bem como visitantes que chegam de outras cidades com casos confirmados, estão sendo acompanhadas por equipe da Vigilância Epidemiológica (médicos, enfermeiros), Vigilância Sanitária e Coordenação de Atenção Básica. Ocorre que, a população informa diretamente a Secretaria Municipal de Saúde ou aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), que recebem a visita e se comprometem assinando um termo de responsabilidade, visando evitar o contato social, pois muitos dos contaminados são assintomáticos, mas apesar de não demonstrarem sintomas, podem contaminar outras pessoas”.

A Coordenadora de Atenção Básica Érika Pontes destacou também que, ao persistirem os sintomas, serão encaminhados para a UPA de Guarabira para triagem, onde o teste será realizado após mais de 7 dias de sintomas, atendendo as recomendações da Secretaria Estadual de Saúde. Caso confirmado o Covid-19 no paciente, será recomendado o isolamento domiciliar para aqueles que apresentarem sintomas leves, além de acompanhamento por equipe médica local, já nos casos de sintomas elevados, serão encaminhados para os hospitais referências de nossa microrregião, o Hospital Regional em Guarabira ou o Hospital Clementino Fraga em João Pessoa.

  • COMÉRCIO

Tony Souza frisou que, segundo o questionário aplicado onde os principais temas e dúvidas foram esclarecidos, 95% dos respondentes consideram importante o isolamento, apesar de, na prática, não funcionar como deveria. O comércio será novamente abordado nas próximas lives para mais esclarecimentos. Encerrando o momento, foram reforçados os cuidados que devem ser redobrados pela população e nos comércios essenciais que se mantém abertos, devendo seguir as orientações no uso da máscara, higienização e evitar aglomerações nas próximas semanas.

COMPARTILHAR