Secretaria de Saúde informa sobre a Campanha de vacinação contra o H1N1 e gripe

A Secretaria Municipal de Saúde iniciou em março e estenderá ao longo do mês de junho de 2020 a Campanha Nacional de Vacinação contra o H1N1 e demais gripes. Os grupos prioritários devem procurar uma Unidade de Saúde e levar a caderneta de vacinação.

 

A vacinação também ajuda a diferenciar entre gripe e a Covid-19. Ora, se o sujeito recebeu a dose, porém apresenta sintomas como tosse e falta de ar, provavelmente não é o influenza que os está causando. Por fim, é comum confundir os sintomas e quanto mais gente vacinada contra a influenza, menor o número de pessoas indo parar no hospital por causa da gripe. E isso ajuda o sistema público a reservar os leitos para a demanda extra de internações decorrentes do coronavírus.

São prioritários (grupos de risco):
  • Maiores de 60 anos;
  • Doentes crônicos;
  • Gestantes;
  • Mães no pós parto;
  • Crianças acima de 06 meses de idade;
  • Profissionais da saúde;
  • Profissionais que lidam com o público;
  • Portadores de condições especiais;
  • Hipertensos;
  • Diabéticos.
COMPARTILHAR