Dia D de combate ao Sarampo e encerramento do “Novembro Azul” com atendimentos

Secretaria Municipal de Saúde, através do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Vigilância Sanitária, realiza  ao longo deste sábado (30/11), a culminância do “Dia D de combate ao sarampo” e encerramento do “Novembro Azul”, na Unidade Básica de Saúde (UBS III) Hugo Barbosa de Paiva, localizada próxima à Igreja Matriz, Centro.

Sobre o “Dia D de combate ao sarampo”, todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), até às 17h, estarão vacinando o público-alvo da campanha, adultos de 20 a 29 anos.

Pela manhã, a partir das 8h, na UBS III, palestra e atendimento com o Urologista, Dr. Emerson Medeiros. Na ocasião, foram atendidos cerca de 50 homens com mais de 50 anos de idade, agendados pelos Agentes Comunitários de Saúde, além de realizarem testes de PSA, HIV, sífilis, hepatite B e C.

Ao longo do mês de novembro, a Secretaria de Saúde aderiu à campanha nacional ao longo do mês do “Novembro Azul”, com ações dirigidas à sociedade e, em especial, aos homens, para conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata. As ações foram realizadas na zona urbana e rural. Confira mais aqui.

+ sobre o Novembro Azul

O câncer de próstata é um tipo de câncer muito comum nos homens, especialmente após os 50 anos de idade. Em geral, este câncer cresce muito lentamente e grande parte das vezes não produz sintomas na fase inicial, porém, pode manifestar-se através de sinais, como dificuldade em urinar ou urina escura.

Para evitar o câncer de próstata é necessário evitar a exposição a fatores como poluição, fertilizantes e substâncias químicas. Além disso, para detectar precocemente a doença é indicado que todos os homens com mais de 50 anos de idade façam pelo menos uma vez ao ano o exame de toque retal e o exame de sangue de PSA, pois quanto antes o câncer de próstata for diagnosticado, maiores são as suas possibilidades de cura, principalmente quando se têm histórico familiar de câncer de próstata, há uma maior probabilidade de sofrer desta doença.

Confira as imagens:

 

 

COMPARTILHAR